Warner promove mudanças em filmes da DC Comics que ganha novo logo [ATUALIZADO]

Os efeitos de Batman vs Superman – A Origem da Justiça foram fortes nos escritórios da Warner Bros. e com isso vai realizar uma grande mudança no alto escalão dos produtores de filmes da DC Comics.

De acordo com The Hollywood Reporter, a receptividade da crítica atacou diretamente os ânimos da Warner, obrigando os executivos a fazerem mudanças de última hora para tentar mudar o rumo das coisas: o chefe criativo da editora, Geoff Johns e o vice-presidente executivo do estúdio, Jon Berg, vão supervisionar todas os filmes de super-heróis da casa conhecido agora como DC Films.

Johns acompanhou de perto as produções das séries Arrow, Flash e Supergirl e dos filmes da Mulher-Maravilha e do Esquadrão Suicida. Ele também possui vasta experiência com o Universo DC nos quadrinhos (escrevendo arcos dos Novos 52, como Liga da Justiça, Shazam! e Aquaman) o que pode ter sido um diferencial na escolha dele para a posição de produtor dos próximos filmes.

O THR ressaltou que Berg já estava envolvido com os filmes da DC pós-Homem de Aço graças à sua boa relação com Ben Affleck, com quem já trabalhou antes. Johns, por outro lado, está se tornando executivo agora, mas seu background de quadrinhos é visto pela Warner como perfeito para deixar os DC Films mais coeso e agradável aos fãs. A entrada oficial de Johns nessas produções é em Esquadrão Suicida, que estreia em agosto.

Sendo assim, a Warner está tentando unificar elementos dispersos entre os filmes da DC através de um executivo experiente e de um profissional que conhece quadrinhos. O estúdio ainda quer que cada diretor dê sua marca para cada filme, mas ele precisa que haja alguém para coordenar tudo e acrescentar mais elementos dos quadrinhos nas produções.

Aliás, essas mudanças explicam a saída de Seth Grahame-Smith do vindouro filme do Flash. O THR aponta que o diretor foi considerado novo demais pela Warner, fazendo com que eles buscassem por alguém com mais experiência para lidar com um orçamento de mais de 150 milhões por filme.

[ATUALIZADO]:

Geoff Johns, escritor na DC Comics e chefe da editora no cinema (ver mais detalhes acima), comentou acerca do Superman e a percepção do público sobre os personagens da DC em entrevista a Vulture:

“Eu não concordo quando dizem que não é possível se relacionar com ele. Ele é um fazendeiro do Kansas que foi tentar a vida na cidade grande e tenta fazer o melhor. Ele é o personagem mais ‘relacionável’ do mundo”;

Existe um contexto e um peso emocional muito grande nestes personagens. E eu não acho que as pessoas ignoram isso, eu só acho que elas realmente não viram ainda. E quando isso for mostrado elas vão se envolver

A DC Comics está mudando seu logotipo mais uma vez. A nova marca (que homenageia as versões mais quadradas dos anos 1970)  aparecerá já a partir deste mês nas primeiras HQs da reformulação Rebirth

O novo logotipo substitui o “D” que se descola do “C”, usado pela DC Entertainment desde 2012.

A nova arte foi criada pela agência Pentagram e será usada também nos meios digitais da DC Comics, mas não fica claro, no comunicado oficial, se será aproveitada também nas divisões da DC Entertainment de cinema e televisão.