Anime Friends está perdendo a relevância?

Um dos maiores e mais aguardados eventos de cultura pop no Brasil, o Anime Friends, teve sua edição 2016 realizada no mês passado. Com enfoque primordial em animes e mangás, mais popular forma de arte nipônica, o evento continua sendo capaz de atrair um grande público, porém parece estar perdendo um pouco de sua relevância.

Por que estamos dizendo isso?

Bom, a verdade é que com o surgimento da Comic Con Experience, a concorrência aumentou e surgiu a necessidade de aprimoramento para os eventos que já estavam no calendário nacional. Criou-se um novo padrão de excelência, a barra agora está mais alta.

Realizado no Campo de Marte, o Anime Friends tem uma infra-estrutura complicada e que facilmente fica prejudicada por chuvas (algo que ocorre praticamente todos os anos). Os estandes, muito por esse motivo e falta de espaço, acabam não sendo tão bem montados quanto poderiam e o auditório também fica aquém do que poderíamos esperar. Some-se isso a problemas estruturais básicos, como falta de água em banheiros e atrasos no início do eventos e começamos a ter um problema…

Este ano, tivemos a presença de grandes editoras com estandes montados, como a Devir, New Pop, Nova Sampa e a gigante Panini. Contudo, faltou simplesmente aquela que impulsionou o mercado nacional de mangás e que é, ao lado da Panini, a mais importante deste nicho: a JBC.

A JBC marcou certa presença com palestras e um ou outro anúncio, mas nada realmente exclusivo. Tivemos uma participação maior da editora em outros eventos como a já mencionada Comic Con Experience e até mesmo na Comix Fest. E, vale lembrar que estes eventos tem um público muito mais diverso que o Anime Friends, que tem como principal nicho exatamente aquele da editora.

Dito isso, houve uma falta de grandes anúncios e personalidades relacionadas. Isso enfraquece um pouco o evento e diminui a expectativa do público para os seguintes. Certamente os fãs adorariam ver alguns trailers especiais para o evento, poder assistir a primeira exibição dublada de algum anime, conferir painéis com alguns dubladores e mangakás, entre outras coisas…

É estritamente necessário que os organizadores percebam que dependem daqueles que produzem conteúdo e do público que o consome. Por isso, é imprescindível agradar igualmente a ambos.

Tome-se a Praça de Alimentação também como algo abaixo do esperado… Ano após ano nos fazemos críticas a este espaço, seja pela falta de variedade, seja pela falta de um espaço compatível com o público, com mais mesas e locais para sentar. Mas, pouca coisa muda… Este ano até houve um aumento de diversidade com adição de alguns food trucks e entrada de uma rede de restaurantes de comida oriental, mas o espaço não mudou em nada.


 

Mas, também tivemos pontos positivos…

Ficar apontando defeitos é muito fácil, mas é preciso também destacar os pontos positivos justamente para que sejam mantidos. Conforme já dissemos, embora ainda esteja devendo, foi possível ver uma melhora em relação a variedade na Praça de Alimentação e os estandes estavam com preços melhores para os produtos do que em anos anteriores (grande parte da graça em ir até tais eventos é conseguir fazer comprar por um preço melhor).

Outro grande atrativo tratando-se de preço fica por conta dos estandes das maiores editoras. Em quase todas encontramos descontos significativos e pacotes de que são capazes de ajudar qualquer colecionar a fechar suas coleções.

O concurso de cosplay continua de alto nível e capaz de atrair muitos cosplayers. Certamente ainda é o evento com mais gente de cosplay no Brasil e isso conta muito, pois nos faz imergir ainda mais no evento.

Agora, o maior fator de atração do Anime Friends sem dúvida fica por conta dos shows que acontecem ao final dos dias de evento. Tivemos os cantores originais e das versões brasileiras de diversas músicas de Cavaleiros do Zodíaco e Dragon Ball, os dois animes mais populares do Brasil. Esses momentos são os que mais empolgam o público e que realmente fazem o ingresso valer a pena.


 

Saldo Final

O saldo final é obviamente positivo, já que é um evento que queremos ver continuar no calendário. Mas, por termos tanto apreço e carinho com o Anime Friends é que criticamos para que melhore ano após anos.  A organização precisa sim almejar coisas maiores e em dar mais para os fãs, ao invés de estagnar e julgar-se por satisfeita com o que foi alcançado.