Resenha – O Lar das Crianças Peculiares

Dirigido por Tim Burton, estrelado por Eva Green e Asa Butterfield, o aguardado “O Lar das Crianças Peculiares” é a adaptação cinematográfica do livro “O Orfanato da Srta. Peregrine para Crianças Peculiares”, escrito por Ransom Riggs.

O filme acompanha o jovem Jake, que após perder o avô embarca numa viagem a uma pequena ilha afim de encontrar alguma validação nas incríveis histórias que o mesmo contava. Lá, ele acaba encontrando o orfanato dirigido pela Srta. Peregrine, no qual somente crianças com certas peculiaridades podem entrar.

peculiar

A história de fantasia tem um enredo bastante original e cativante, porém Burton falha em dar profundida a mesma e explorar melhor certos personagens e acaba dando demasiado ênfase numa história amorosa que se desenvolve rápido demais. Temos, por exemplo, a premiada atriz britânica Judi Dench no elenco, porém sua participação é ínfima, sendo completamente desperdiçada.

Mesmo que Asa Butterfield tendo feito um bom trabalho, Jake é um protagonista que não cativa, ele passa mais tempo fazendo perguntas e se questionando do que realmente vivenciando tudo de novo que se abre a sua frente. O vilão, vivido por Samuel L. Jackson tem sua motivação contada de forma ligeira e rasteira, novamente nos deixando com um senso de que poderia ser melhor aproveitado ao invés de soar unicamente como um vilão genérico, o qual já vimos diversas vezes em dezenas de outras produções.

jackson_fwe9zvb

Contudo, nem tudo é motivo de crítica negativa. O visual é incrível, Burton consegue dar novamente seu toque pessoal mesclando elementos de steampunk com a fantasia que estamos acostumados, o elenco mirim (infantil e adolescente) consegue dar conta do recado e do modo geral são bastante cativantes. A mitologia apresentada é extremamente intrigante e a parte introdutória fisga o espectador, logo nos fazendo querer embarcar nesse mundo… O problema é que infelizmente o mundo que esperávamos ver não é aprofundado como deveria.

No fim, O Lar das Crianças Peculiares é um bom entretenimento e consegue sim divertir. Contudo, não consegue se destacar no gênero e não marca território da forma como esperávamos, principalmente levando em consideração todo o grande elenco e a direção do outrora visionário Tim Burton.

peregrins-gallery9

 

Ficha Técnica

Miss Peregrine’s Home for Peculiar Children – 2016
Duração: 127 minutos
Gênero: Fantasia/Aventura
Diretor: Tim Burton
Elenco: Eva Green, Asa Butterfield, Terence Stamp, Samuel L. Jackson, Rupert Everett, Chris O’Dowd, Ella Purnell, Finlay MacMillan, Lauren McCrostie, Hayden Keeler-Stone, Georgia Pemberton, Milo Parker, Raffiella Chapman e Judi Dench.