Resenha – Horizonte Profundo: Desastre no Golfo

E se você achava que já tinham explorado todas as formas de demonstrar um patriotismo exacerbado dos Estados Unidos, você estava completamente errado.

Horizonte Pofundo é um filme que se baseia em fatos reais, dirigido por Peter Berg e que conta o drama dos trabalhadores e suas respectivas famílias na plataforma Deep Horizon, que cultimou no que talvez seja a maior catástrofe ambiental da história dos Estados Unidos. Kate Hudson, Mark Wahlberg, Kurt Russel e John Malkovitch são alguns grandes nomes que compõem o elenco.

la-ca-mn-0904-sneaks-deepwater-horizon-20160808-snap

Tecnicamente o filme é impecável: tem elementos visuais excelentes, uma fotografia linda e efeitos especiais que estão longe de serem mal feitos. Tem todo o apelo emocional, porque é um filme baseado em fatos reais, mas existe um detalhe imprescindível para que o filme funcione: estamos falando de um roteiro que conta a história da maior catástrofe ambiental registrada na história dos Estados Unidos, aonde milhares de milhões de litros de petróleo foram derramados no Golfo do México.

Tentar vender essa história como se os trabalhadores que estivessem ali fossem heróis é quase intragável. Então sim, é um ótimo filme, tem atuações excelentes, mas não deixa de ser uma tentativa muito cara dos Estados Unidos de tentar amenizar a culpa sobre o assunto. E, pensando em todo o estrago, é difícil conseguir se conectar com os personagens a ponto de se importar se eles morrem no filme ou não, mesmo sabendo do teor verídico da história.

Mike Williams (Mark Wahlberg)
Mike Williams (Mark Wahlberg)

Além disso, ele subestima a capacidade de entendimento próprio do espectador, fazendo com que uma criança de dez anos explique o que o seu pai faz na plataforma petrolífera para que os débeis que assistem possam melhor compreender.

De modo geral, é mais um daqueles filmes que daqui a pouco veremos em um corujão, ou em uma temperatura máxima, porque é de fácil corte e é dramático até certo ponto. Conseguindo esquecer todo o estrago e todo o pano de fundo melodramático para humanizar os trabalhadores e tornar tudo mais emocionante, talvez seja um filme que cumpra o seu papel de entreter.