Resenha – Passageiros

Passageiros conta a história de Jim e Aurora, que viajam na nave-cruzeiro Avalon junto a milhares de pessoas para um planeta recém colonizado pelos humanos. A viagem com duração de 120 anos exige que os seus passageiros e tripulação passem quase que sua integralidade em hibernação, afim de sobreviverem todo o tempo e assim chegar ao destino. Porém, nossos protagonistas acordam 90 anos de atingir seu objetivo e impossibilitados de voltar a hibernar.

A premissa interessante e até certo ponto original combinada com os bons trailers, e estrelas em ascensão Chris Pratt (Jim) e Jennifer Lawrence (Aurora) indicava que esse filme tinha tudo para ser excepcional, talvez até um possível candidato a alguns prêmios oscar. Contudo, o longa tropeça nas próprias pernas e não atinge seu real potencial devido a problemas no roteiro, que muitas vezes opta por soluções pouco inspiradas e deixa clara uma desconexão entre início e fim.

passengers-1

Chris Pratt se destaca e carrega o filme

Nossos atores protagonistas estão muito bem, com destaque para Pratt que no primeiro ato do filme atua praticamente sozinho e nos mostra uma carga dramática a qual não estamos acostumados a ver em suas performances. Jennifer Lawrence está bem com uma atuação segura, mas nada muito além disso… Não compromete, entretanto também não chega a se destacar. Uma outra participação marcante é a de Michael Sheen, como o androide Arthur, o qual muitas vezes é o porto seguro dos personagens humanos e funciona também como certeiro alívio cômico.

A direção de Morten Tyldum (O Jogo da Imitação) é muito competente, assim como toda a equipe responsável pelos efeitos especiais, design e fotografia. Mas, conforme exposto, o filme começa de uma forma que capta a atenção do espectador e aos poucos vai mudando seu estilo, tornando-se diferente daquilo que havia nos conquistado a princípio.

Enfim, por mais que seu derradeiro desfecho não seja de todo o mal, a história mal estruturada e a falta de foco em questões muito mais interessantes levantadas ao longo de seu tempo de exibição tornam a experiência de Passageiros incompleta e aquém da expectativa inicial proporcionada. Ainda assim, as atuações, em especial de Chris Pratt, e principalmente o aspecto visual fazem do filme uma boa pedida para os cinemas.

avalon

Ficha Técnica

Passengers – 2016
Duração: 116 minutos
Gênero: Ficção Científica/Romance/Ação
Diretor: Morten Tyldum
Elenco: Chris Pratt, Jennifer Lawrence, Michael Sheen, Lawrence Fishburne.