[Spoilers] Guardiões da Galáxia Vol. 2 | James Gunn tinha final diferente

Guardiões da Galáxia Vol. 2 tem sido muito elogiado por balancear muito bem o humor com momentos mais dramáticos. O tema central do filme é família e foi explorado com maestria pelo diretor e roteirista James Gunn.

No filme, Peter Quill encontra seu pai biológico, mas ao longo do caminho percebe que Yondu foi quem realmente o tratou como filho. Tudo isso culmina no sacrifício do personagem ao final para que Peter consiga se salvar.

Contudo, James Gunn revela que estava relutando em escrever a morte de Yondu:

“Eu não queria que fosse o final do filme, e meio que me recusei em colocar isso como o final durante bastante tempo. Não era como o filme terminava”.

Gunn explicou porque percebeu que a morte de Yondu era necessária para o filme:

“Mas, no fim do dia, eu sabia que essa era a direção que precisava tomar. Eu sabia que precisávamos ter algo verdadeiramente em jogo nesses filmes. Nós precisávamos ter a morte de personagens. E, nem todos que assistem aos filmes da Marvel são fãs disso”.

O diretor também contou a razão de ser necessário dar adeus a alguns dos personagens favoritos apesar das objeções dos fãs:

“Eles não gostam de perder personagens, mas para que estes personagens realmente façam diferença, para que suas vidas tenham maior significado, nós precisamos ter esse tipo de perda”.

E você, concorda com o diretor? O que achou da morte de Yondu? Foi realmente necessária?